É POSSÍVEL MUDARES O (TEU) MUNDO

Mudar o Mundo pode não ser tão complicado como parece. É natural que existem algumas decisões que devem ser tomadas pelos grandes chefes de Estado, no entanto, existem decisões que podem ser tomadas por ti. Decisões que te ajudam a mudares o teu Mundo e de certeza que o Mundo do outro também. Se todos nós decidíssemos construir um Mundo com base no Amor, todos seríamos mais felizes.

Não temos que esperar que sejam os outros a tornar-nos Amor, nós próprios podemos escolher esse caminho e ajudar os outros a tornarem-se Amor.

Tornares-te Amor é uma viragem nas tuas relações. Não falo apenas nas tuas relações amorosas, falo-te também nas tuas relações no trabalho, no ginásio, no café de todos os dias, com os teus filhos, pais e amigos. Esta viragem é transformadora, pois, ao escolheres mudar o (teu) Mundo vais encontrar muitas pessoas novas, mas também vais perceber que existem muitas pessoas que não querem fazer parte desse (teu) novo Mundo. E é importante saberes que também está tudo bem. Ama-as e aceita as suas decisões.

Existem inúmeras variantes e acções que te vão ajudar a mudar o (teu) Mundo. Mas hoje partilho 6 que podes incorporar na tua rotina assim que sentires que chegou o seu momento.

 

1.PENSAMENTOS POSITIVOS

Nós atraímos que somos. Se o negativismo for uma constante no teu dia-a-dia, acredita, é isso mesmo que vais atrair. Treina a tua mente para ver a beleza em tudo, tira lições em cada má decisão, não culpes os outros pelas suas acções, experimenta antes tentar perceber o que os levaram a reagir de determinada forma. Assume a responsabilidade das tuas atitudes e aceita-as, reflecte sobre os teus pensamentos (positivos e negativos), aprende a identificar os teus pensamentos negativos de forma automática para que os consigas corrigir (consciência imediata), minimiza influências externas negativas. Cultiva o “cinzento” e não o “preto ou branco”, nem tudo é linear e cada pessoa é diferente.

 

2.NÃO PERSONALIZES

Personalizares os teus sentimentos é culpabilizares-te por tudo o que não está bem. “A Teresa não sorriu para mim esta manhã, o que será que fiz?” – a pergunta não deve ser esta. A Teresa pode não ter sorrido para ti como também não sorriu para o João e para a Maria. O problema é da Teresa, o problema não é teu. Não te culpes por isso. Fala com a Teresa e percebe o que está de errado com ela, como a podes ajudar e tornar o seu dia mais leve. Não fales com a Teresa para perceber porque não sorriu para ti e como pode compensá-la por isso. Cada um de nós tem um trabalho interior para fazer, tu tens o teu. A Teresa tem o dela. Podem ajudar-se, mas nunca compensarem.

 

3.APRENDE A EQUILIBRAR O ALTRUÍSMO E O EGOÍSMO

Nem sempre é fácil, mas existem pessoas que de uma forma ou outra acabam por conseguir extrair o pior de nós assim como existem outras que tiram o melhor de nós. Quero falar sobre aquelas que te fazem ter sentimentos de raiva, dor ou descontrolo das emoções. O problema não é teu, é delas. Quaisquer acções que tenham em relação a ti, aprende a transformá-las em Amor. Ser altruísta é muito importante, mas ser egoísta também o é. Saber equilibrar estas tuas variáveis é essencial para o nosso bem-estar e só estando bem é que consegues viver e fazer o (teu) Mundo melhor. Podes dar ao outro, mas também tens que saber exactamente aquilo que deves receber. Se o outro te provoca constantemente sentimentos de dor e de desilusão, estás a permitir que ele te afecte

Dá na medida certa e recebe na medida certa. Cada um de nós merece o melhor, tudo o que for abaixo disso não faz parte de nós. Se o outro te magoa não o magoes de volta: aprende a lidar com isso ou afasta-te até à distância da não afectação.

 

 

4.TEMPO PARA TI

Encontra 10 minutos do teu dia para te conectares contigo. Desliga o som, as notificações, a música e todas as interferências exteriores. Encontra um espaço que te traga segurança e conforto e concentrar-te nele durante dez minutos. Coloca nesse espaço todos os teus pensamentos negativos, todas as tuas dores e mágoas, todo o teu desconforto emocional. Coloca na tua mente uma reflexão sobre ti: que aspectos em ti queres melhorar, como podes ser mais para ti e para os outros, quais são os teus limites?

Aprende a conectar-te contigo e transforma esta meditação numa rotina diária. Sei que no início não vai ser fácil, que te vais dispersar em pensamentos e que vai ser difícil estares no teu silêncio durante 10 minutos, mas se o fizeres todos os dias, acredita: em menos de um ano vão existir dias em que estes dez minutos se vão transformar em 40 minutos.

 

5.ELOGIA

Elogiar o outro é tão difícil, mas a partir do dia em que começar a ser prática comum o (teu) mundo vai ser muito melhor. Elogiar obriga-te a observar. Observar obriga-te a estares atento aos outros: aos seus gestos, às suas rotinas, às suas formas de estar, aos seus estilos, aos seus tiques, aos seus gostos e não gostos.

Provocar no outro um momento feliz é fazer uma pequena mudança no (seu) mundo. A partir do momento em que te preocupas e procuras estar atento ao outro vais encontrar beleza em muitas mais coisas do que aquelas que imaginavas. E teres o (teu) mundo mais belo é seres mais belo também.

 

6.LIBERTA-TE DO PASSADO

O passado existe e não deve ser esquecido. O passado deve ser trabalhado e resolvido para que o consigas abraçar e transformar-te em Amor. Há passados traumáticos, duros, feios, incompreensíveis, indesculpáveis. Mas não mereces viver com o seu “peso”, não te posso pedir para o apagares ou o esqueceres porque é impossível, mas peço-te que não te deixes condicionar por ele. Há tempo para tudo e há um dia em que te vais libertar do teu passado porque tu mereces o melhor e menos do que isso não te pertence. Tu mereces sorrisos, tu mereces Amor, tu mereces a verdade, tu mereces pureza, tu mereces transbordar de felicidade!

Para mudares o (teu) mundo é necessário ser-se egoísta na medida certa. Egoísta ao ponto de te conseguires conhecer tão bem que sabes exactamente aquilo que precisas para que o outro se conheça também cada vez melhor. O Eneagrama é uma poderosa ferramenta que te ajuda a conheceres-te não só a ti como também o outro e é por isso, que acredito que o DESCUBRA A SUA PERSONALIDADE COM O ENEAGRAMA te vai ajudar nesta jornada de transformar o (teu) Mundo num lugar melhor.

SE GOSTOU, PARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on skype
Share on print