CAPTURA DE CLIENTES DE COACHING: TÉCNICA OU ESTRATÉGIA?

O principal erro que condena a carreira de qualquer Coach é não fazer Coaching ao seu negócio. Tirares a conclusão de que Coaching é apenas uma profissão técnica pode ser uma questão fatal para o teu negócio. A semelhança entre o Coaching e outras profissões é EMPREENDEDORISMO. Exige pensar no que funciona e como funciona.

A verdade é que muitas escolas que ensinam Coaching não sabem de empreendedorismo. Para elas, o empreendedorismo resume-se em fazer anúncios no Google e/ou redes sociais para atrair clientes que vão preencher as suas vagas e os seus cursos. Esquecer ou não ter prática na obtenção recorrente de clientes é como ir para alto mar com apenas o pequeno-almoço tomado. Isto é, em alto mar vai-te faltar uma coisa muito importante: RECURSOS durante essa viagem.

Muitas pessoas entram para o Coaching porque o Coaching os ajudou a eles. E por isso, querem ajudar as outras pessoas. Eu mesmo fiz isto, eu mesmo senti esta vontade e missão. No entanto, quando fiz isto, estávamos em 2004. Ou seja, deu tempo para errar, deu tempo para encontrar novos caminhos. Estávamos no início do Coaching em Portugal. Hoje o tempo não permite tantos erros e isto é mau, pois há menos tempo para errar. No entanto, hoje em dia, e isto é uma realidade, está tudo mais facilitado desde que se faça bem-feito.

 

Quem tem resultados e está numa missão, partilha essas estratégias, partilha o que está a ser bem-feito. Eles têm o princípio da abundância. Por exemplo, nós no Eneacoaching damos informação sempre atualizada e o passo-a-passo das melhores e mais económicas formas de encontrar clientes de Coaching. Porquê? Porque nós também fazemos isso. Teria sido um sonho para mim ter tido acesso a estas ferramentas quando comecei, em 2004. Na altura foi muito por tentativa-erro.

No Eneacoaching nós partilhamos as estratégias que nós mesmos usamos. Isto porque, de alguma forma, todas as pessoas que trabalham connosco, trabalham com nichos de mercado. Eles entre-ajudam-se, eles são parte cooperativa. De alguma forma, a tua individualidade, a tua experiência, a tua história vale dinheiro desde que seja contada de uma forma padronizada.

 

Hoje tens vários cenários. Se tiveres um instrutor de Coaching que te diz que o Coach tem tudo a ver com técnicas eu tenho uma sugestão para ti: foge para bem longe. Ele tem clientes ou tem uma carteira cheia, mas de certeza que ele faz uma coisa: ele não procura activamente cliente. Porque senão ele saberia a dificuldade e as estratégias que são necessárias para isso acontecer. A segunda opção é fazeres os caminhos das pedras e pode ser que a sorte te ajude. É ires tentando e rectificando. No entanto, se acreditas que a sorte dura para sempre…boa sorte! Se achas que a sorte não deve ser o factor dominante do teu negócio, procura alguém que te possa apoiar. Passo-a-passo encontras estratégias de captura de clientes, juntamente com a técnica. As duas vivem de mãos dadas.

Estas são as duas respostas-chaves que tens que ter para não cair no erro fundamental do Coaching que é achar que tudo é técnica.

Este texto foi relevante para ti?

Então não podes perder a Jornada do Coach de Sucesso, onde aprofundo ainda mais esta questão da captação de clientes e onde tu vais poder fazer-me perguntas directas.

Todas as aulas são gratuitas, online e ao vivo, por isso as tuas dúvidas e questões serão esclarecidas assim que colocadas.

A Jornada do Coach de Sucesso acontece 2 a 3 vezes por ano, por isso, se ainda não te inscreveste e sentes que chegou o momento de contactares com uma nova realidade sobre o Coaching Profissional inscreve-te nas próximas sessões clicando aqui.

SE GOSTOU, PARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on skype
Share on print